Roteiro 3 – fev/12

De carro na estrada do Rio de Janeiro até o Fim do Mundo (Ushuaia) – Fevereiro de 2012

A idéia dessa viagem começou no ano de 2008: fazer um roteiro que englobasse algumas cidades interessantes da Patagônia Argentina e Chilena. E como gostamos de viajar de carro, ela teria que ser feita de carro, obviamente.

A partir daí começamos a ver sites e livros que falavam dos lugares, das experiências, das viagens e começamos, cada vez mais, a nos empolgar.

Um ano foi estipulado: 2012. E ele, finalmente, chegou.

Após várias dicas de outros sites, blogs, conversas por e-mail com viajantes que já foram para esses lugares de moto ou de carro, sozinhos ou com a família, finalizamos nosso roteiro.

O Blacktona será nosso companheiro nesta grande aventura.

Bom, nossa idéia inicial é essa, onde mostramos primeiro o trecho completo e, em seguida, os trechos separadamente, onde cada trecho corresponde a um dia de viagem.

Vamos curtir juntos esta aventura!

Trecho Completo:

Trecho 1:

Rio de Janeiro (RJ) – Passo Fundo (RS)
Quilometragem: 1.402 km
Países: Brasil
Estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Trecho 2:

Passo Fundo (RS) – Uruguaiana (RS)
Quilometragem: 560 km
Países: Brasil
Estados: Rio Grande do Sul

Trecho 3:

Uruguaiana (RS) – Luján (ARG)
Quilometragem: 650 km
Países: Argentina e Brasil
Estados Brasileiros: Rio Grande do Sul
Províncias Argentinas: Corrientes, Entre Rios e Buenos Aires

Trecho 4:

Luján (ARG) – Bahia Blanca (ARG)
Quilometragem: 650 km
Países: Argentina
Províncias: Buenos Aires

Trecho 5:

Bahia Blanca (ARG) – Puerto Madryn (ARG)
Quilometragem: 672 km
Países: Argentina
Províncias: Buenos Aires, Rio Negro e Chubut

Trecho 6:

Puerto Madryn (ARG) – Comodoro Rivadavia (ARG)
Quilometragem: 590 km
Países: Argentina
Províncias: Chubut

Trecho 7:

Comodoro Rivadavia (ARG) – Rio Gallegos (ARG)
Quilometragem: 800 km
Países: Argentina
Províncias: Chubut e Santa Cruz

Trecho 8:

Rio Gallegos (ARG) – Ushuaia (ARG)
Quilometragem: 600 km
Países: Argentina e Chile
Províncias Argentinos: Santa Cruz e Tierra Del Fuego
Regiões Chilenas: Magallanes

Trecho 9:

Ushuaia (ARG) – Puerto Natales (CHI)
Quilometragem: 750 km
Países: Argentina e Chile
Províncias Argentinos: Tierra Del Fuego
Regiões Chilenas: Magallanes

Trecho 10:

Puerto Natales (CHI) – El Calafate (ARG)
Quilometragem: 375 km
Países: Argentina e Chile
Províncias Argentinos: Santa Cruz
Regiões Chilenas: Magallanes

Trecho 11:

El Calafate (ARG) – El Chalten (ARG)
Quilometragem: 220 km
Países: Argentina
Províncias Argentinos: Santa Cruz

Trecho 12:

El Chalten (ARG) – Perito Moreno (ARG)
Quilometragem: 590 km
Países: Argentina
Províncias Argentinos: Santa Cruz

Trecho 13:

Perito Moreno (ARG) – Bariloche (ARG)
Quilometragem: 800 km
Países: Argentina
Províncias Argentinos: Santa Cruz, Chubut e Rio Negro

Trecho 14:

Bariloche (ARG) – Puerto Varas (CHI)
Quilometragem: 320 km
Países: Argentina e Chile
Províncias Argentinos: Rio Negro e Neuquen
Regiões Chilenas: Los Lagos

Trecho 15:

Puerto Varas (CHI) – Pucon – (CHI)
Quilometragem: 330 km
Países: Chile
Regiões: Los Lagos, Los Rios e Araucanía

Trecho 16:

Pucon (CHI) – Viña Del Mar (CHI)
Quilometragem: 900 km
Países: Chile
Regiões: Araucanía, Biobío, Maule, O’Higgins, Santiago e Valparaíso

Trecho 17:

Viña Del Mar (CHI) – Mendoza (ARG)
Quilometragem: 400 km
Países: Argentina e Chile
Províncias Argentinos: Mendoza
Regiões Chilenas: Valparaíso

Trecho 18:

Mendoza (ARG ) – Córdoba (ARG)
Quilometragem: 620 km
Países: Argentina
Províncias: Mendoza, San Luis e Córdoba

Trecho 19:

Córdoba (ARG) – São Borja (RS)
Quilometragem: 1.000 km
Países: Argentina e Brasil
Províncias Argentinos: Córdoba, Santa Fé, Entre Rios e Corrientes
Estados Brasileiros: Rio Grande do Sul

Trecho 20:

São Borja (RS) – Curitiba (PR)
Quilometragem: 950 km
Países: Brasil
Estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

Trecho 21:

Curitiba (PR) – Rio de Janeiro (RJ)
Quilometragem: 850 km
Países: Brasil
Estados: Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro

Páginas dessa viagem

Nosso Roteiro
Numeros da Viagem
Relatório de Viagem
Relatório Online
Dicas

54 respostas a Roteiro 3 – fev/12

  1. Bruno diz:

    Maliuco !!

    • paulo fernandes alves diz:

      Legal viajar, gosto muito, pelo sexto ano consecutivo viajo acampando pelo nordeste, normalmente são entre 40 e 50 dias com 8.000 kms. de ida e volta, resido no interior de s.paulo,vai eu e minha esposa, desculpe o conteudo de meu comentário mas pen so que sua viagem em 37 dias e 14.713 kms. dá uma média de 400 kms dia, realmente não dápara vc. conhecer de fato, vc. passa por muitos lugares em curto espaço de tempo que depois vc. faz uma confusão danada e nem se lembra onde viu o que……
      se vc. aceita meu opinião se realmente quer conhecer lugares, diminua a km. ou aumentar os dias, nossa ultima viagem começou dia 29 dezembro de 2012, ficamos 10 dias em Porto Seguro, 10 dias em s.miguel milagres-Alagoas e região, 8 dias em João Pessoa e Região outros 21 dias foram gastos na viagem de ida, volta e deslocamentos regionais, na volta passamos pelo sertão da Paraiba, Ceará Padin Ciço ,Pernambuco e 5 dias em Itaparica-Bahia, os lugares na Paraiba, passamos para poder conhecer superficialmente e voltar em próxima viagem para conhecer na ida, Chapada Diamantina, Chapada do Araripe e voltar pelo Piaui,Maranhão,Tocantins,Brasilia,Goias,MG,SP, nossa casa. abraços

      • Olá Paulo,

        obrigado por sua visita no blog e seu comentário.

        Realmente concordo com o que vc falou. Certamente não é nada interessante e nem proveitoso conhecer os lugares apressadamente. Mas o foco dessa nossa viagem foi a região da Patagônia. Então não tínhamos o objetivo de conhecer o sul do Brasil ou Buenos Aires. Ou seja, a viagem propriamente dita (no sentido de parar para conhecer os lugares) começou em Puerto Madryn e terminou em Mendoza. Ou seja, o deslocamento na ida até Puerto Madryn (4.000 km) e na volta de Mendoza até o Rio (3.500 km) perfazem 7.500 km, restando 7.500 km em 30 dias, o que dá uma média de 250 km ao dia aproximadamente.

        Obviamente que essa metragem é de acordo com o local e a região que vc irá conhecer. E tb o tempo disponível que vc tem. É óbvio que se pudéssemos ficar 40 ou 50 dias como vocês seria muito mais proveitoso.

        Mas da forma que planejamos verificamos os locais de nosso interesse e descartamos o que não nos interessava. Assim, otimizamos muitas coisas e conseguimos aproveitar bastante, com a grande ajuda das condições climáticas também, claro!

        Sem contar que nós aproveitamos, e muito, o durante da viagem, a estrada, a paisagem. Isso conta muito pra nós!

        Um grande abraço e ótimas viagens para todos nós.

  2. Pingback: Viagem 2012: Argentina, Chile e mais! | De carro na estrada!

  3. Vandré diz:

    Olá amigo poderia fala para mim o custo da viagem

    • Olá Vandré!

      Obrigado por visitar nosso blog.

      Em relação a custos de viagem, varia muito do que cada pessoa ou grupo que fará a viagem, realmente quer.

      Se a pessoa gosta de lugares luxuosos e caros, certamente gastará mais. A opção de camping é uma boa para economizar uma grana.

      Os custos de pedágio e gasto com gasolina (que também depende do consumo do carro) está no link: https://decarronaestrada.wordpress.com/roteiro-3-fev12-numeros-da-viagem/

      Os gastos com alimentação também varia: se a pessoa prefere restaurantes caros, gastará mais. Se está aberta a comprar coisas em supermercado e quitandas, certamente gastará muito pouco.

      Enfim, depende muito do objetivo da viagem. O seu objetivo é curtir o local e aproveitar os passeios da região economizando na alimentação e hospedagem e/ou comer em locais luxuosos e se hospedar em ‘resorts’?

      Resumindo, tem hospedagem e alimentação para todos os gostos e bolsos. A única coisa que realmente não dá pra fugir é do deslocamento (de carro ou avião). Aliás, até poderia, se organizasse uma viagem de bicicleta. Mas pra isso seria necessário tempo e disposição e aí já entraríamos em outra discussão calorosa…

  4. Wellington Nogueira diz:

    Escreví proces a respeito de transitar em estradas argentinas. É obrigatório o uso de farol baixo, durante o trânsito nas estradas argentinas.

  5. Paulo Cunha diz:

    Ola, gostei muito do roteiro que você fez, pois estou planejando fazer esta viagem em janeiro de 2014. Tenho uma dúvida: é possível fazer esta viagem sem ter um carro 4×4? eu notei que seu Blacktona é 4×4. Eu tenho uma nissan livina x-gear tração 4×2. será que nesta época do ano irei precisar. E as correntes para as rodas se adquire lá na Argentina ou não é preciso te-las no carro.

    • Sem dúvida é uma experiência sensacional.

      Em janeiro não há necessidade de correntes para a roda. Somente no inverno. É pouco provável nevar na estrada nessa época. Se por acaso pegar uma neve na estrada, compre cadenas líquidas por lá mesmo para passar nos pneus.

      Planeje e boa viagem!

  6. Paulo Cunha diz:

    Muito obrigado pelo pronto retorno. Estou começando a planejar a viagem. Provavelmente irei retornar contigo para outras dúvidas. Abraços

  7. Jessé Oliveira Guimararães diz:

    Estou planejando uma viagem semelhante, só que comecei a bem menos tempo. + ou- 2 meses..Pretendo sair dia 12 de outubro, e seus mapas serão muito úteis, pois verifiquei que havia um furo em termos de distancia de Bariloche para El Calafate nos roteiros que fiz .Permita-me tomar emprestada um pouco de sua capacidade de planejamento, pois salvo algumas mudanças no roteiro do Brasil e de ficar 4 dias em Buenos Aires, boa parte de seus mapas representam o meu roteiro também.Meus parabéns pela sua viagem e apesar dos meus 74 anos, com a companhia de minha filha que me ajudará na direção eu pretendo conseguir.
    Parabéns,mais uma vez e na volta colocarei algo mais modesto para o incentivo de outros ,assim como você tem me ajudou e incentivou..

    Jessé

    • Boa tarde Jessé. Agradecemos a visita.

      Será uma ótima viagem, certamente. Se quiser me mandar o roteiro pra eu dar alguma possível sugestão, não hesite em fazê-lo. Encaminhe pro e-mail decarronaestrada@gmail.com

      Teremos o maior prazer em sugerir possíveis alternativas.

      No mais, planeje e aproveite os momentos que serão maravilhosos!

      E parabéns, pois “apesar dos seus 74 anos”, está aproveitando a vida e curtindo os vários momentos sem medo de ser feliz. Conheço muita gente de 20 com medo de viver…

      Grande abraço.

  8. Jessé Oliveira Guimararães diz:

    Obrigado pela resposta.
    O roteiro já está pronto e até hotéis agendados em Gramado, Buenos Aires e Santiago, que será para mim, o ponto de inflexão e retorno rápido ao País. Mandarei o roteiro para o seu e-mail.
    Um abraço,
    Jessé.

  9. tamires diz:

    Olá, qual os documentos obrigatórios para dirigir nos países como Arg e Uru?
    Quero ir no final desse ano mas estou em dúvida quanto a documentação.

    • Olá,

      documentação, além da habilitação brasileira e do documento do carro, é obrigatório o seguro carta verde pra qualquer país do mercosul. Entre em contato com seu corretor que ele emitirá o carta verde pra você.

      Boa viagem!

  10. eduardo naveiro diz:

    Parabéns pelo seu blog! li do início ao fim, e me sinto mais ansioso para a nossa partida dia 4 de janeiro próximo. até hoje não tinha feito muita pesquisa, mas suas informações são muito claras!
    vou com um amigo de L200, 100% montada para as aventuras, e seu roteiro e etapas se mostraram muito legais, andando muito é claro, mas com trekings, acampamentos, passeios, parabéns! se preciso vou fazer contato. também somos do Rio!
    Eduardo Naveiro

  11. luis diz:

    Excelente descrição do roteiro. Parabéns! Gostaria de saber uma coisa: se eu usar um carro popular, 1.6, HB20, estaria muito encrencado para fazer este mesmo percurso?
    Desde já agradeço por sua atenção!

    Abraço!

    • Oi Luis,

      Olha, qualquer carro pode fazer o trajeto. Tenha cuidado apenas se for no inverno (cuidado com as nevascas em algunas lugares) e com as chuvas. Mas não é muito comum chover muito, não.

      Se por acaso chover forte, evite o rípio. Fora isso, planeje e curta sua aventura!

      Grande abraço

  12. Cleiton diz:

    Fala meu amigo! Seu blog está perfeito! E o roteiro espetacular!
    Estou planejando um roteiro saindo do Rio de Janeiro. Passando pelas seguintes cidades: Curitiba, Uruguaiana, Buenos Aires, Neuquén, Bariloche, Puerto Montt, Pucón, Santiago, Viña del Mar, Mendoza, Rosário, Uruguaiana, Curitiba e chegada ao Rio de Janeiro.

    Quero concentrar a maior parte da minha viagem nas Cidades com estação de Esqui, e neste caso, estou me programando para ir em Julho/15 ou Agosto/15.

    Já estou pesquisando bastante, e minha principal dúvida é o quanto a condição climática pode me atrapalhar. Principalmente no trecho entre Bariloche e Puerto Montt

    Também tenho algumas dúvidas quanto aos policiais Argentinos e Chilenos. Vi alguns relatos de que são corruptos.

    Como irei fazer boa bater do roteiro que você fez, acredito que possa me ajudar com bastante informação. Dicas de Hotéis, locais para abastecimento e refeições.

    Muito obrigado e parabéns pelo blog!!!

    • Olá Cleiton! Certamente será uma ótima experiência a viagem. A neve realmente pode atrapalhar, principalmente nas travessias da cordilheira (Bariloche-Pto Montt e Vina del Mar – Mendoza). Dependendo da quantidade de neve, a estrada pode estar fechada. Além do mais, nessa época é obrigatório o uso de correntes no pneu, para caso de neve, utilizá-las.

      Em relação aos policiais, também li muitas coisas sobre corrupção, mas em nossa experiência não tivemos nenhum problema em relação a isso. Muito pelo contrário: todos foram solícitos quando precisamos e sempre cordiais nas informações e nas blitz.

      Hotéis que ficamos, veja em:

      https://decarronaestrada.wordpress.com/hospedagem-argentina/

      https://decarronaestrada.wordpress.com/hospedagem-chile/

      Abastecimento até Bariloche é super tranquilo. Não terá problemas. Mais pra baixo de Bariloche que tem trechos mais escassos de abastecimento.

      Grande abraço e uma ótima viagem!

  13. Fabio pena vila diz:

    Olá, Moro em Niterói-RJ. Fui de carro até a Argentina em dezembro de 2011.Entrei por Montevidéu e pagamos horrores no ferry boat rsrs + chegando em Buenos fomos barrados pq o documento do carro estava em nome da empresa…. + td bem! e + tarde eu fui parados na estrada e tive q pagar 100 dólares pq o meu carro estava com o Reboque/pino bola q ñ pode usar…..e eu estava com a lanterna e o farol de milha ligado + tem q ser o farol msm!
    E em Dezembro de 2015 estamos querendo ir de carro 4×4 pra Ushuaia. como é o clima nessa época do ano? vc acha melhor reservar os hotéis ou procurar no dia? estamos querendo ficar 25 dias e tentar voltar pelo chile. tem q levar roupas de neve? rsrs
    Abraços

    Fabio

    • Olá!

      Realmente quando o carro não está no nome da pessoa é uma burocracia bem grande.

      Em relação ao pino bola, farol, … Por isso que é bom pegar o máximo de informações pra não ser pego desprevenido em terras hermanas.

      O clima lá “pra baixo” nessa época varia bastante. Dizem que em Ushuaia, tem dias que vc pega as 4 estações no mesmo dia. Nós mesmos vivenciamos um pouco disso. Acordamos com uma chuva (7 da manhã) e antes das 9 já tinha um sol maravilhoso.

      De uma forma geral, venta bastante e é bom levar bons casacos, pois se tiver uma “frente fria” vai fazer frio de verdade! Quando chegamos em Ushuaia, havia nevado no dia anterior, só pra vc ter uma ideia. E era final do verão!

      Em relação aos hotéis, não há necessidade de reservar antes. Pode até ter dificuldade em uma cidade ou outra, mas no geral não haverá problemas. E nós não gostamos de reservar hotel, pois podemos querer mudar o planejamento e aí já viu o transtorno, né? Nós só tivemos dificuldade em achar na cidade de Perito Moreno. Em todas as outras cidades foi bem tranquilo achar hotel. Mas nós fizemos uma lista de 3 hotéis de todas as cidades previstas para pernoitar. Já tínhamos uma direção!

      Grande abraço e se quiser trocar mais ideias, mande-nos um email.

  14. Adriano diz:

    Olá, estou planejando uma viajem com roteiro parecido com o de vcs para 2015, saindo do interior de São Paulo e indo até Ushuaia Ar.
    Estou em duvida se vou pelo PR, SC, RS e entro pelo Uruguai passando pelo litoral até Colonia del Sacramento e depois Buenos Aires AR, seguindo por Puerto Madryn, Peninsula Valdes, ruta 3 até Rio Gallegos, Estreito de Magalhães, Rio Grande e Ushuaia.
    Volta Ushuaia AR, Punta Arenas CH, Puerto Natales, Torres del Paine CH, Passo Dorotea, El Calafate AR, El Chalten, Perito Moreno Ar, Chile Chico CH, Capilas de Marmol, e subir a carreteira Austral passando por Balmaceda, Coihaique, Chaiten, Puerto Montt, Puerto Varas, Osorno,Puyehue CH, Passo Samoré, Vila Angostura AR, Bariloche AR, Villarica CH, Pucon CH, Santiago CH, Mendoza AR, San Luis, Villa Dolores, Cordova, Sta Fé AR, Foz do Iguaçu PR, Londrina, São Paulo.
    Posso fazer o roteiro ao contrario, tenho +ou- 40 dias
    estou em duvida no roteiro nas condições das estradas
    alguma dica!

    • Numa viagem dessas, eu acho que valeria mais a pena focar na região de Argentina e chile.

      Mas acho que algumas perguntas cabem nesse momento:

      Vcs vão fazer trilhas em TDP e/ou El Chalten. Farão o circuito W? Tudo isso leva mais dias. Então é necessário ver exatamente o que farão em cada cidade e o tempo que gastarão em cada uma delas.

      Como ainda pretendem pegar a carretera austral (o que nós não fizemos), vão gastar mais tempo

      Pra não ficar correria, ou simplesmente “passar” pelo Uruguai, talvez seja interessante focar Argentina e Chile.

      Fora isso, o roteiro está bem legal. Conhcerá muita coisa bonita! E será uma experiência maravilhosa, certamente!

      Acho que essa ordem é melhor. Faz o esticão logo no começo e vem curtindo a volta, com mais paradas e mais detalhes.

      Vamos trocando emails (decarronaestrada@gmail.com) com mais dúvidas.

      Grande abraço e faça um bom plenejamento que a viagem será nota 1000!

      • Adriano diz:

        Oi, tenho algumas duvidas com os passeios, Peninsula Valdes, Ushuaia, Torre del Paine (se da para fazer de carro), El Chalten, no Chile Osorno ou Villarrica e Mendoza.
        Desculpe o encomodo, mas gostaria de algumas dicas dos passeios, já que é nossa primeira viajem nesta regão.
        Vamos eu, minha esposa e nossa filha de 7 anos.
        Nosso carro é um Honda CRV 4X2 a gasolina.

      • Quanto ao carro, tranquilo, sem problemas. É só ir com mais cuidado no rípio por causa das pedrinhas. Tem que ter cuidado pra não bater muito no fundo do carro e no vidro dianteiro.

        Torres Del Paine é possível fazer de carro sim, mas o legal é fazer as trilhas do parque. Mas com uma criança de 7 anos, acho que não é aconselhável.

        El Chalten: o atrativo lá são as trilhas também. Fora isso, não há nada pra fazer.

        Pto Varas: é legalzinho e o vulcão Osorno é o atrativo. Pode-se ir de carro até um determinado ponto. Depois é subindo a pé também.

        Pucon: é uma cidadezinha mto legal com águas termais e clima de vilarejo. Tem a praia de areia preta. O atrativo tb é a subida ao vulcão Vilarica, que é bem pesada.

        Mendoza: tem a parte de vinhos (que não curtimos muito). Nessa região, focamos mais a fronteira com o Chile. Paso Cristo Redentor, o mirante ao Aconcágua, Puente del Inca, além dos mirantes da cidade.

        Ushuaia: Cerro Martial, Parque Nacional (fim da ruta 3), Passeio de barco pelo canal de beagle, lago escondido e fagnano.

        Peninsula Valdes: um passeio de carro por toda a peninsula é muito bacana!

        Uma coisa pra ficar ligado também é na documentação do carro. Seguro Carta Verde, Documento do carro no seu nome ou de sua esposa, 2 triangulos, cambão, kit primeiros socorros, sempre andar com lanterna ligada (mesmo durante o dia)

  15. Jussayne diz:

    Olá Boa noite,
    Estamos planejando esta viagem de carro nossas primeiras duvidas são, quantos dias no minimo deveríamos reservar para a viagem? Dá para fazer a viagem em uns 15 ou 20 dias? E qual é o custo médio de uma viagem dessa. Pode nos ajudar?

    • Olá, obrigado pela visita em nosso blog.

      Olha, primeiramente é preciso saber algumas coisas, como, por exemplo:

      – Vão fazer trilhas em TDP (circuito W) ou em em El Chalten? Isso leva mais tempo.
      – Vão fazer Chile? Carretera Austral?

      Se vão fazer o roteiro idêntico ao nosso, recomendamos cerca de 40 dias.

      Para 15 ou 20 dias, teria que cortar muita coisa do roteiro.

      Para o custo médio dessa viagem, novamente seria necessário algumas informações como:

      – Hospedagem: gostam de lugares luxuosos, estão dispostos a acampar ou dormir no carro, albergue, hostels? Ou seja, podem economizar bastante em hospedagem ou gastarem muito;

      – Alimentação: podem comprar comida no mercado e com isso economizar bastante.

      Mande-nos um e-mail (decarronaestrada@gmail.com) e vamos tirando mais dúvidas.

      • Rafael diz:

        Olá!

        Estamos planejando ir de frontier 4X4 em 14 fev pra ushuaia e só temos uns 14 dias. É possível? Tem diesel fácil em todo trajeto? Pensamos em ir em dois casais só com a camionete, acha tranquilo ou melhor com dois carros?
        em 14 dias da pra aproveitar bem o passeio? Saímos de SC. Obrigado
        Rafael

      • Olá,

        Acho 14 dias muito pouco tempo pra uma viagem dessas. Vc não vai aproveitar quase nada. É possível? Sim, é possível, mas será muito corrido.

        Fazendo um roteiro semelhante ao que nós fizemos, creio que a viagem tem que ser em torno de 30 dias pelo menos.

        Também não sei dizer quanto ao diesel. Teria que pesquisar.

  16. Rafael diz:

    Obrigado pela resposta.
    Infelizmente não temos 30 dias devido ao trabalho. Agora fica a dúvida se vamos ou não… Abraço

  17. Marcus Pollet diz:

    Opa, e aí tranquilo, estou pensando em fazer esse mesmo percurso, mas com a esposa e meu filho com 3 anos. Vc chegou a fazer diário de bordo com hotéis, pontos turísticos, facilidades e dificuldades de postos, época do ano e outras que passaram e por fim cálculo fazer em torno de 20 a 30 dias. O que vc sugere, se puder passe umas dicas. Será a nossa primeira de muitas viagens de carro. Abs e parabéns pelo blog.

  18. wellington nogueira diz:

    Refiz agora em março de 2015 a viagem Arraial do Cabo x Uruguaiana x B. Aires x Mar Del Plata x Puerto Madryn x Punta Arenas x Ushuaia x El Calafate x Santiago x Valparaiso x Vina Del Mar x Mendoza x Santa Fé x Puerto Iguazu x Foz do Iguaçu x Arraial do Cabo. Foram 34 dias de van Peugeot adaptada para 6 pessoas. Foram 16.343 Km percorridos e as observações que tive são: 1) Em Bariloche tentaram e conseguiram arrombar nossa van, felizmente o alarme (da van) tocou, mas ficamos com o prejuízo de 2 vidros quebrados. 2) É por lei argentina, necessário o uso durante o dia de FAROL BAIXO em rodovias caso contrário a multa é alta e certa se a polícia te parar. 3) Ushuaia e El calafate (para nós) foram as melhores e mais belas cidades da Argentina, sendo que em El calafate, não deixar de conhecer o Glaciar Perito Moreno. 4) Existe a cidade chamada Perito Moreno, porém nada tem a ver com o glaciar que fica em El Calafate. 5) Levar sempre de reserva, uns 40 l. de combustível, pois os postos fora das cidades maiores, quase nunca tem o combustível desejado (gasolina ou diesel) e gás nas cidades do interior, nem pensar…

  19. wellington nogueira diz:

    Quanto ao combustível desejado, não é que nunca tenha, porém como as distancias de cidadezinhas são enormes (quase não existem postos nas estradas), os caminhões da estatal de distribuição YPF demoram a chegar, causando a falta do combustivel desejado, porém gás só existe nas cidades maiores

  20. Cris diz:

    Olá, meu marido e eu estamos planejando ir a Patagônia em Janeiro, vamos numa land rover defender, estamos pensando em Janeiro, pois, li em vários lugares que é a melhor época, correto? Bem, estamos pensando em 25 dias, saindo de São Paulo, capital. Já estivemos no Atacama e agora queremos conhecer a Patagônia. Alguma sugestão de roteiro ? Saindo de SP. O que queremos priorizar mesmo é a região da Patagônia mesmo. Buenos Aires conhecemos bem já. Outra pergunta é, em Janeiro é necessário fazer reservas nos hotéis, ou é tranquilo ? Vou olhar o link que você passou acima com diário de bordo. Obrigada
    Cris

    • Acredito que, de uma forma geral, não terá problemas com hotel. Talvez em algumas cidades como Ushuaia ou Mendoza seja interessante deixar a reserva. Fora isso, acredito que não terá problemas. E que façam uma ótima viagem !!!

    • Bruno diz:

      Bom dia Cristina,

      Criei um tópico no mochileiro sobre a viagem que pretendemos fazer para Ushuaia em fev de 2016, para os pessoal da região de São paulo que pretender ou estuda a possibilidade de ir na mesma época, a ideia seria montar um mini caravana, sei que é difícil por todas variáveis envolvidas, cada um tem um roteiro em mente mas se tivéssemos companhia de uma turma boa até fin del mundo, seria show. Dar uma olhada la se te interessar.

      http://www.mochileiros.com/de-sao-paulo-ate-ushuaia-de-carro-fevereiro-de-2016-t117468.html

  21. Leandro Ferreira diz:

    Olá amigo, boa noite. Eu e mais 2 amigos estamos planejando fazer uma viagem semelhante à sua em 2016, porém de mais longe: São Luis do Maranhão a Ushuaia, atravessando de carro toda a América do Sul. Este blog servirá de espinha dorsal para esta tão sonhada viagem. Gostaria, se possível, de algum contato do amigo para um tipo de plantão tira dúvidas e troca de experiência, tipo e-mail, rede social… Suas dicas com certeza serão de grande valia pra nós. Desde já agradeço. Abraços.

  22. Bruno diz:

    Boa noite amigo,

    Primeiramente parabéns pela iniciativa de compartilha informações tão preciosa para quem pretende fazer este tipo de viagem. É um sonho fazer esta viagem, pretendíamos ir mais outro casal, porém não será mais possível dai vem minhas perguntas. Gostaríamos de fazer 85% do roteiro similar ao seu com foco na Patagônia. Pretendo ir eu e minha noiva saindo de São Paulo capital, projetamos ir em fevereiro mais exatamente dia 06/02/2016 temos 35 dias. Minha principal duvida é quanto às distancias você acha muito puxada pra uma pessoa só ir dirigindo? É perigoso questão de violência, estrada com pouca movimentação, numa possível emergência é fácil acionar socorro, me refiro ao trecho de maior dificuldade relatado por você na AR e no CH. Já fizemos um tour pelo nordeste e rodamos em media 5000km pelos 8 estados só não fomos no Maranhão, foi relativamente tranquilo pois estávamos em dois motorista e os trechos não eram muito longos, no total conhecemos 16 lugares fantásticos, quais dicas você me daria em relação a esta situação. Minha noiva é meia medrosa kkkkkk.

    • Obrigado Bruno pelos comentários! Certamente é um sonho nosso que foi realizado e certamente vcs realizarão também !!! Cada minuto da nossa viagem foi mágico!

      Vamos às dúvidas:

      1) Se 1 pessoa gostar muito de dirigir, será cansativo, mas recompensador. Mas diria que o ideal é revezar.
      2) Não vimos nenhum tipo de violência, apesar de ser possível acontecer algo. Risco sempre existe. É bom sempre andar com telefone de concessionária ou guincho… em muitas rutas existem telefones de SOS na beira da estrada. Mas nem sempre tem. De qualquer forma, tenha comida e água no carro pra, no caso de alguma emergência maior (em trechos com menos movimento), ficar um tempo no carro até passar outro carro/caminhão, que certamente lhe ajudará. Faça uma boa revisão antes da viagem que certamente as chances de acontecer algo serão mínimas.
      3) Olha, se vc ficar pensando em tudo o que pode acontecer, vc não vai sair de casa. É claro que riscos existem. Mas tem que fazer de tudo pra minimizá-los. Revisão no carro, andar com cambão, alguma comida, água, se ligar nos postos de combustível, galão de gasolina reserva (se for pegar a ruta 40.. apesar de que eles estavam asfaltando… hoje já deve ter muita coisa asfaltada e com uma estrutura melhor).

      Do resto, faça um bom planejamento e caia na estrada. Qualquer dúvida vamos nos falando por e-mail.

      Abração
      3)

      • Bruno diz:

        Obrigado pelo retorno e pelas dicas,

        Concordo com você risco sempre existe em tudo nesta vida, porém quem planeja corre risco, que não corre perigo. Estou me planejando e analisando todas as variáveis afim de mitigar os problemas, primeiro pretendo definir o roteiro, segundo os locais a serem visitado, depois vou analisar, estradas, hospedagem, possíveis imprevistos, o que levar etc… Ainda vou te encher um pouco pois nesta preparação fatalmente duvidas surgiram. Abraço…

  23. Raydan Lott diz:

    Caro amigo, estou pretendendo fazer a viajem para Ushuai , do dia 20 de dezembro retornando dia 10 de Janeiro 2016, estarei saindo da cidade de Gov. Valadares MG.
    Gostaria de saber mais informações e dicas que vc pode me enviar.

  24. Eliane diz:

    Olá! Seu roteiro tem sido bem esclarecedor. Pretendo fazer essa viagem no final deste ano. De Passo Fundo a Ushuaia e na volta sem passar por Mendoza pois já conheço. Poderia me dizer como são as estradas na região e se rende mais kilomentragem por dia da que você fez?

    • Olá Eliane. Obrigado por visitar nosso blog.

      As estradas, de uma forma geral, são muito boas. A Ruta 3 (litoral) é toda asfaltada podendo acelerar bem. Sim, é possível render mais quilometragem por dia. Mas, em nossa opinião, para curtir mais o “durante”, prezamos por ir mais devagar, sem correria.

      A Ruta 40, quando passamos, era toda em rípio. Consequentemente perde-se mais tempo para cruzá-la. Entretanto, já havia um forte trabalho de asfaltamento de boa parte da ruta 40. Não sei dizer exatamente como está hoje.

      Talvez possa obter mais informações em: http://www.turismoruta40.com.ar/

      Bons planejamentos e ótima viagem! Qualquer dúvida, entre em contato conosco através do e-mail: decarronaestrada@gmail.com

  25. Bruno diz:

    Bom dia Colega,

    Já estamos na reta final dos preparativos, para big roadtrip, Uma duvida, como foi a gestão de cambiar, sei que na Argentina é tranquilo e o peso estar favorável até o momento. Já no Chile fica a duvida, você levou dólares, reais , como foi esta logística em relação a cambiar as moeda, foi difícil, teve algum problema, alguma dica, lugar a indicar etc…. desde já agradeço.

  26. Edson diz:

    Em primeiro lugar quero parabeniza-lo não apenas pela viagem e organização mas tambem pela iniciativa de compartilhar esta experiência.
    Adorei o roteiro de vocês, só pretendo acrescentar uma ida ao Deserto do Atacama.
    Começando o planejamento agora mas muito animado.
    Este Blog será o meu ponto de partida para os meus planos.

    Obrigado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s